Morena dos olhos ‘água

É muito gostoso ler e reler as notas das faixas dos LPs que farão parte do livro do Magro. Cada vez parece que o conheço um pouquinho mais. Mesmo tendo transcrito, lido e relido tudo, é sempre como se sempre estivesse lendo pela primeira vez, como se estivesse ouvindo-o contar essas coisas todas.

Na revisão que estive fazendo hoje, me chamou atenção a nota sobre “Morena dos olhos d’água”, de Chico Buarque. E sobressaiu não só por ser uma música linda, mas também, e fundamentalmente, porque foi pra ela que Magro escreveu seu primeiro arranjo instrumental e vocal. Até então, ele assinava os arranjos vocais e outros maestros assinavam os instrumentais. Não qualquer maestro. Estamos aqui falando, por exemplo, dos grandes Lindolfo Gaya e Oscar Castro Neves.

Vejam só um trecho dessa nota e aproveitem pra ouvir a gravação!

“Morena dos Olhos d’Água” foi meu primeiro desafio como arranjador instrumental e vocal ao mesmo tempo. Uma música difícil de Chico Buarque. Nessa época eu aprendi com o maestro Lindolfo Gaya a diferença entre arranjo para uma orquestra tocar ao vivo e arranjo de orquestra ou conjunto para tocar num estúdio. A vantagem de estúdio é que, além de você ter os microfones, você poderia timbrar melhor os sons, casando instrumentos de uma forma que não conseguiria numa orquestra ao vivo. Você poderia, se quisesse, somar uma flauta com uma tuba, ou um violino com um acordeom, e isso tudo poderia aparecer equilibrado na audição pelo processo de gravação e mixagem. E, por isso mesmo, fiz um arranjo diferenciado. Eu coloquei um trompete com surdina, um órgão – naquela época era uma coisa maravilhosa você ter um órgão Hammond, inclusive era um daqueles com caixa Leslye, que Luiz Carlos Sá, Zé Rodrix e o Guarabyra louvaram no rock deles – e um quarteto de cordas, além de contrabaixo e bateria.”

Morena dos olhos d’água (Chico Buarque) – MPB4 – arranjo Magro Waghabi

Anúncios
Esse post foi publicado em Do livro e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Morena dos olhos ‘água

  1. Lindo arranjo e super especial por ser o primeiro instrumental do Magro,,já revelando todo seu bom gosto nos timbres instrumentais e harmonias.

  2. Lindo arranjo! Sempre bom ouvir de novo. Um deleite!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s