Posts na rede

Aqui você pode ver alguns post sobre o Magro e o MPB4 que pipocaram pela internet e passaram por nossos olhos.

08.08.2013 –  ♪♫ Um ano sem um dos meus grandes ídolos do MPB4! Magro se foi, mas seu trabalho ficou em cada canção em que fez o arranjo e interpretou com Miltinho, Aquiles e Dalmo! ♫♪  Saudade…    Onilda Helena de Castro Macedo

08.08.2013 – Hoje é dia de lembrar do Magro Waghabi, do MPB4, que nos deixou há exatamente 1 ano. Dia de lembrar tudo de bom que ele nos deixou, sua música, seus arranjos, suas tantas vozes. E viva o Magro!    Bateia Cultura

08.08.2013 – Hoje faz um ano que, pela primeira vez disse “até breve” a um grande amigo. Ainda é difícil, mas aos poucos vou controlando melhor a saudade. Conviver com um ídolo, de uma generosidade tremenda e que me ensinou tanta coisa sem nunca me cobrar um copo d’água, foi sem dúvida um dos presentes mais memoráveis que Deus me deu. Maestro… você é foda! Que sua presença, sua musicalidade, seu espírito de grupo, sua humildade possam estar sempre presentes na minha vida como um exemplo a ser seguido.   Bruno Scantamburlo

05.08.2013 – PARABÉNS MÔNICA !!! PARABÉNS POR TUDO, POR TER TIDO A FELICIDADE DE PARTILHAR DE MOMENTOS TÃO LINDOS DESSES ” MENINOS “, POR ESTAR FAZENDO ESSA OBRA MARAVILHOSA ! EU ADORO O MPB4 E, PRÁ MIM, O MAGRO FAZ MUITA FALTA E, AINDA FARÁ POR UM LONGO TEMPO. SEMPRE ME DISSERAM QUE AS PESSOAS NÃO SÃO INSUBSTITUÍVEIS. ACREDITO . MAS, SINCERAMENTE, ALGUMAS SÃO SUBSTITUIDAS COM EXTREMA DIFICULDADE. BEIJOS E MUITO BOA SORTE, MÔNICA !!!!  Maria Tereza Cardoso

04.02.2013 – Sou italiano e amo vcs, fiquei triste pelo magro! Agora ele estarà cantando com o Jobim e outros genios da musica brasiliera! quero bem a vcs mesmo nao tendo nunca encontrados, mas as vezes se conhecem as pessoas atraves da musica que tocam! Um abraçaço!!  Cultura Brasil

27.01.2013 –Son realmente maravillosos, relamente disfructo mucho su música y su trabajo. Lamento mucho la partida de Magro. Pero así es la vida. Felicitaciones por el nuevo cd. Me gusto mucho.  Carlos – Buenos Aires   Karl von Syrius

05.01.2013 – “Meu violão, meu coração que canta, quanto mal espanta, quanto mal desfaz”…      Magro, um mestre que me inspirou com as canções e os arranjos do MPB4! Tenho muitas saudades deste artista notável.     Luis Vasconcellos

31.12.2012 – Um mestre, abençoado por Deus, todo meu respeito e amor, eternamente.   Faustho Terra Tupy

07.12.2012 – Como não curtir!!! As VOZES DO MAGRO continuam ecoando!!! Gostoso lembrar ele esperando o caminhão de mudança chegar em Conservatória, vindo de São Paulo, junto com a Mônica!!! E depois um lanchinho para recuperar as forças para começar a arrumação do novo lar!!! E para minha sorte, Meus vizinhos de parede!!! Que delícia!!! Piano ao café da manhã!!! Coisas deliciosas!!! Bjs      Célia Rodrigues

27.11.2012 – Meu conterrâneo Itaocarense, grande pianista, músico imortal, você está fazendo muita falta aqui no meio musical, vc era uma espécie de John Lennon da mpb! É uma lástima não te-LO mais na memorável convivência de seus amigos e parceiros, poeta, trovador e tudo mais que possa identificar seu trabalho belíssimo, sua contribuição. Esteja com DEUS MAESTRO!       Glória Freire Vargas – Academia Miracemense de letras cadeira n°5

23.11.2012 – Como o Magro não existirá outro!!! sou fã e serei sempre!!!      Ângela Maria Perdigão Gomes

14.11.2012 – Curto o MPB4 desde a época dos Festivais, o Magro no meu entender era sempre o mais sério. Ele sempre estará presente me se tratando do MPB4, salve o Grande Magro.      Paulo R R Relva

14.11.2012 – Acompanho o MPB4 desde 1967 e não perdi nenhum show aqui em Belo Horizonte. A saudade do Magro é imensa. Espero qeu vocês três voltem a se apresentar em BH.       Cândido Fernandes

20.08.2012 – Dentre os afazeres da vida de mãe, me perdi e me desencontrei da notícia da partida do Magro. Sou só uma fã do grupo mas agradeço todo o bem que me fazem e fizeram até hoje.      Heloísa Helena Gonçalves

13.08.2012 – Por trás de grandes sucessos existem grandes músicos, e que estes tenham o devido reconhecimento pela sua genialidade. Infelizmente nada é para sempre. Muita paz, Magro. MPB4.      Pedro Moraes

12.08.2012 – Lamento muito o falecimento do Magro, do MPB4, um grupo que faz parte da minha vida desde a mais tenra infância, já que nasceu comigo em 1965… meu pai adorava esse conjunto e chegou a levá-los à nossa casa em 1975, após um show no Guairão: uma madrugada encantada que até hoje permanece na minha lembrança na parte das sweet memories… que ele descanse em paz, pois sua obra musical de alta qualidade permanecerá para sempre na história da música popular brasileira pela ousadia, originalidade, inovação e qualidade. Condolências!     Valéria Prochmann

11.08.2012 – Amigos do MPB4. Muito antes de ser violeiro, nasci filho do escritos Roberto Freire e da Gessy. Então desde menino segui vocês. Quando esteve me encaminhando para a carreira musical lembro da chacoalhada no peito quando ouvi “Cálice” pela primeira vez. Na vitrola lá de casa, sem saber que vinha arranjo, foi de bambear as pernas. Vocês criaram um lindo mundo para nossa música. Força nesse momento. Abraço e grande admiração de uma vida inteira.     Paulo Freire

10.08.2012 – Eu acompanhei sempre o MPB4 desde o seu início, ocm muito amor, carinho. Um conjunto de extrema beleza vocal e harmonia. Felizmente eu tive a oportunidade de assistir a um show de vocês no Mackenzie, de S.Paulo nos anos 70. E no dia 08.08.12 fiquei muitíssimo triste e consternada ao tomar conhecimento do falecimento do querido Magro, Antônio José Waghabi Filho. Com a sua morte, a MPB ficou de luto e perde um grande músico. Ele deixa muitas saudades. A vocês grande colegas do MPB4 e familiares do Magro, meus sinceros sentimentos.   Maria Cecília Cecília

09.08.2012 – Tive a honra de conhecer o MPB-4 em 2011, em Brasília. Eu tinha criado o blog do MPB-4, mas precisei interrompê-lo, pois moro agora em São Paulo e tomei outro rumo profissional, muito mais puxado. O amor aos meus cavaleiros continua o mesmo.     Todos os integrantes são pessoas de energia positiva e bastante queridos. Magro era um dos mais falantes e articulados, recebeu-me carinhosamente no camarim e ajudou-me muito a encontrar com os outros meninos, que também são uns amores. Nunca vou me esquecer da energia positiva do Magro, uma pessoa extremamente agradável, bem humorada e dono de uma grande garra e vontade de viver.

Cheguei agora pouco em casa e minha mãe me deu esta triste notícia. Fiquei sem chão, porque eu adorava o Magro, assim como adoro o quarteto. Só que o meu consolo é saber de que Deus está cuidando dele neste momento, com o mesmo carinho de que Magro cuidava de todos amigos e fãs espalhados pelo Brasil.

Que Deus o tenha e que Magro continue a irradiar sua linda aura a todos que o amavam! Que a família e os amigos dele saibam o quanto ele era especial não apenas como músico, mas também como pessoa. Não posso dizer adeus, mas sim, até breve, Magro!   Roselene Cândida

09.08.2012 – Amigos e irmãos!     Falar da morte é falar da perda física…Lá se foi o Magro do MPB-4 cantar em outros lugares,continuando a sua missão…É como se hoje eu perdesse um grande amigo,irmãos,como vocês,como minhas flores do chão e os meus “bem-te-vi”…E meus olhos não escondem o que sinto… O MPB-4 fez e faz parte da minha vida e do que busco construir no Bem, no Bom e no Belo…As músicas que eu vivia na alma e que me fizeram amar a MPB,vieram em quase sua totalidade deles…Os mesmos me encantavam e me encantam com sua forma de colocar a alma nas mesmas…Hoje o MPB-4 só tem três…Lá vem de novo, o Universo nos tirar as pessoas que nos ensinam a cantar e crer na possibilidade da eternidade…Sei que a beleza não morre…Sei também que a morte não existe,mas minha garganta está apertada e as lágrimas caindo,pois não terei mais o Magro cantando musicas como “PRA QUEM MERECE O AMOR”, a qual eu coloquei como um Hino/Mantra/ Louvor do que acredito no amor verdadeiro e Universal…É a musica do meu compromisso frente ao que acredito do Amor!!!  Mas a morte não existe e sei que amanhã,verei com mais nitidez a beleza das flores e ouvirei o cantar de todos os pássaros de forma mais forte…Quem canta o amor,não morre…Quem nos ajudar a nos transformarmos em seres um “tiquinho” melhor não morre…O Magro não morreu,pois na minha vida ele deixou a certeza de que cabe a cada um de nós,transformar a vida em canções de amor…E por acreditar nisso, compartilho com vocês a certeza do Amor…Tomara que todos nós possamos acreditar que merecemos ter esse Amor!…”Tô” triste…..        Lourdes Manso

08.08.2012 – Siga em paz, Magro. Você deixou muitas pessoas agradecidas na terra, portanto coisas muito boas lhe aguardam.    Maria Aparecida Zanel

08.08.2012 – Não vai quem deixa sua marca na mente e no coração da gente!   Tirrex do Asfalto

08.08.2012 – Hoje o MPB4  ficou sem o Magro, um dos maiores arranjadores do Brasil. Além de cantor, ele era compositor e um grande percussionista. Um cara que sabia como poucos “o que o coração precisa”.    Flaviana Ribeiro

08.08.2012 – Parabéns e obrigada pela sua trajetória aqui no nosso planeta.Você fez a sua parte. Deixou esse planeta muito mais amoroso e culto com a sua obra. Vá com Deus e que sua família e amigos mais próximos possam ter o consolo merecido. Nós ficaremos sempre com sua voz e a dos seus amigos e todo o seu trabalho prá sempre nos nossos corações e ouvidos.      Vera Freire

08.08.2012 – Meus caros amigos    Como todos, fiquei sem palavras quando soube da partida de nosso amigo Magro … tristeza profunda … coração partido.   Magro, assim como vocês, era uma pessoa muito querida, gentil, competente e generosa.   Quando penso nele a primeira coisa que vem à memoria é a imagem de seu sorriso doce e verdadeiro (aliás, uma marca registrada de todo o grupo). Tenho muito orgulho de nossa amizade e dos discos que tive a oportunidade de produzir do MPB4.   Além disto, fico pensando em como vocês foram companheiros generosos, enriquecendo com suas vozes tantas gravações que produzi com a participação do MPB4 em projetos de diversos artistas com os geniais arranjos vocais do Magro.   Estas músicas (“Cálice” é o melhor exemplo) não teriam a mesma dimensão sem a participação do MPB4.   Sou um privilegiado pela amizade de vocês e por tantos momentos geniais que passamos juntos em estúdio. Sou grato demais.   A MPB fica muito mais pobre a partir de hoje, mas o Céu fica mais rico e, em festa, recebe mais um craque.   Força a todos e, como disse o Dalmo, abram sempre este vinho no camarim por ele que agora recebe o merecido descanso depois de tanta luta.   Que Deus o receba com muita Luz e todo o carinho que ele sempre passou pra nós.   Forte abraço a todos, deste que se considera um “primo” do MBP4.    Sérgio Carvalho

08.08.2012 – Aos seus companheiros, familiares, demais amigos e incontáveis fãs o nosso sentimento. Magro vai fazer muita falta. A ele e aos demais MPB4s o nosso agradecimento por tanta beleza sempre transmitida por meio da sua música, bom humor e alegria.    Mário Jordão

08.08.2012 – Amigos e parceiros do MPB4, eu tive a felicidade de conviver com este Mago dos vocais, meu parceiro de MPB4, o Magro tinha o dom de transformar as notas musicais em arte digna dos maiores mestres que este país já conheceu. Ele sai de uma vida maravilhosa para entrar prá história da música popular brasileira em todos os tempos. Vá com Deus e ao encontro de Vinicius, Tom Jobim, Baden Powell, Ellis e tantos outros que, ansiosos, te esperavam pra´voce escrever as vozes das músicas do céu. beijo  Dalmo Medeiros

2 respostas para Posts na rede

  1. oiti cipriani disse:

    Fa de primeira hora da banda… Me lembro de um show em SP, nao me lembro o nome do teatro, sei que ficava na R. Borges Lagoa, e o show chamava-se “Jornal de depois de amanha”, um show ironico e engracado, aproveitando a semelhanca fisica do Miltinho com o Cid Moreira, foi um show muito engracado. Sai do teatro extasiado com um vocal, quando se sentaram cada um dos componentes em um ponto do palco e fizeram um vocal, sem musica, e com as luzes apagadas e as 4 vozes pareciam somente uma. Maravilhoso. Infelizmente tomei conhecimento deste blog/site esta semana, recebendo-o em meu facebook. Quando soube da morte do Magro, mesmo sem o conhecer pessoalmente, deu a impressao de ter perdido uma pessoa da familia. O DVD de 40 anos da banda nao sai do meu player. E cada vez que ouco e assisto da a impressao de ser a primeira vez. Magro, que DEUS o receba em seus bracos e parte crente que cumpriu sua missao aqui entre nos. E torco que o restante nao desista e continue a nos brindar com as maravilhas que somente o MPB4 e capaz. Abracos a todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s