Amigo do Peito

Um dia após o Magro ir embora, o Paulo César Pinheiro escreveu um poema lindo, uma letra pra uma música que foi encomendada ao Miltinho. Difícil imaginar dupla mais apropriada pra fazer uma canção falando do Magro e da dureza que é essa separação que, por vezes e por pura humanidade, achamos que foi prematura. Mas quem sabe disso, não é mesmo? Só queríamos mesmo é continuar convivendo com ele.

A letra tá aqui. A música, logo mais abaixo, com o Miltinho, bravo guerreiro, fazendo solo na abertura do show de lançamento do cd Contigo Aprendi, no Teatro Rival Petrobrás – RJ, dia 25 de janeiro deste ano. Como ele conseguiu cantar, até agora eu não sei. É lindo demais!

AMIGO DO PEITO
Miltinho e Paulo Cesar Pinheiro

Eu tinha um amigo dileto
De um tempo qualquer bem antigo.
Ele era um sujeito correto
Consigo, com o mundo e comigo.

Cresci com esse amigo do peito
Do lado de mim no perigo.
Lutávamos do mesmo jeito
Os dois, contra o mesmo inimigo.

Um día esse amigo foi embora.
É triste mas é como eu digo.
Por ele todo mundo chora.
E a sua saudade é um castigo.

A dor de uma perda é uma dor
Que eu quero entender, não consigo.
Por que se perder um amor?
Por que ver morrer um amigo?

MTW

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Coisas do dia a dia e marcado , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Amigo do Peito

  1. Maria Celeste Corrêa disse:

    Mônica, querida, que linda homenagem! Fiquei comovida. Passei dias e dias ao seu lado em Curitiba sem coragem pra lhe dizer que, apesar de nunca tê-lo conhecido pessoalmente, chorei quando soube que o Magro tinha ido embora. A voz dele e as gravações do MPB 4, assim como a arte de Elis Regina, me acompanharam por toda vida e me ensinaram a amar a música. Beijo grande e saudade de você!!!

    • Celeste, acho que muitas pessoas, assim como vc, choraram com a notícia da morte do Magro. Ele deixou muita coisa boa aqui pra nós e pessoas assim, que nos tocam com sua arte, parecem nossos amigos e companheiros mesmo que nunca os tenhamos encontrado.
      Gostei muito de ter te conhecido em Curitiba! Espero que nos reencontremos em breve.
      bjbj

  2. Emocionante….belíssima homenagem ao querido Magro!!

  3. Heloisa disse:

    Que música bela! Como é bom poder fazer o bem, poder continuar a fazê-lo, mesmo depois de uma separação física. Viva ao Magro!

  4. Gerson Cury disse:

    Oi, Mônica, que coisa mais bonita! Emoção amiga de dois craques inspirada nas luzes do Magro. Um beijo.

  5. Dinéa Gomes Pereira disse:

    Achei que teve pouca divulgação a morte do Magro. Para mim, foi um choque, porque eu amo o MPB4., O grupo permeou toda a minha juventude e eu tinha todos os LPs deles. O Magro sempre foi O arranjador do grupo e eu o admirava muito pela sua sensibilidade e inteligencia. No Brasil, os ídolos homenajeados nem sempre são aqueles que mais merecem, infelizmente. Mas ,sem dúvida, ele deixou sua marca na Música Popular Brasileira. Para sempre.Que ele esteja em Paz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s